Certificações

Considerando a internacionalização e as exigências do mercado, a EmiÁtomo direcionou os seus esforços para a certificação, sendo certificada em 2010 pela norma NP EN ISO 9001, no âmbito de “Comissionamento e Arranque de Unidades Industriais”. Depressa constatou a necessidade de acrescentar valor aos seus serviços e em 2011 optou pela implementação de um sistema integrado de Gestão da Qualidade, Segurança e Ambiente, sendo certificada pelas normas NP EN ISO 9001, OHSAS 18001 e NP EN ISO 14001.

Após a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) ter reconhecido a nossa competência, a EmiÁtomo alargou o se âmbito da certificação para “Comissionamento e Arranque de Unidades Industriais e Manutenção de Sistemas Elétricos, de Instrumentação e de Controlo. Prestação de Serviços Externos de Higiene e Segurança no Trabalho”.

 A empresa considera a certificação um contributo essencial para a competitividade da organização, permitindo obter uma maximização de benefícios para todas as partes interessadas: clientes, colaboradores, fornecedores e sociedade envolvente.

Com a implementação de um Sistema Integrado de Gestão (SIG), e o comprometimento com a Política de Qualidade, Ambiente e Segurança definida, a EmiÁtomo pretende alcançar vantagens competitivas, indo ao encontro da Visão e da Missão definidas, nomeadamente:

• Melhorar continuamente a imagem da organização

• Atrair confiança dos clientes atuais e potenciais

• Aumentar a satisfação dos clientes

• Melhorar o desempenho e destacar-se de forma positiva da concorrência

• Aumentar a motivação dos colaboradores

 • Otimizar os processos

• Prevenir as reclamações, e diminuir os impactes ambientais e riscos

• Promover a evolução sustentada da organização

• Criar uma nova dinâmica de gestão

• Fomentar a melhoria contínua da organização

Estes referenciais normativos para a gestão assumem particular relevância num contexto de desenvolvimento sistemático de práticas e procedimentos relacionados com a Qualidade, Segurança e Ambiente e permite por outro lado o reconhecimento nacional e internacional de um trabalho de gestão estruturado de forma idêntica por um número crescente de organizações em Portugal e no Mundo.